SEJA VOLUNTÁRIO

segunda-feira, 18 de julho de 2016

MILITAR É SER HUMANO!

Os governos acham que podem tratar os militares de qualquer jeito, por considerarem que o rigor da disciplina os fará aceitar calados. Acham que porque somos preparados para suportar o desconforto, as intempéries, o cansaço, o estresse e a fome, e seguir com entusiasmo no cumprimento da missão, podem desrespeitar e negar direitos básicos a qualquer tempo e em qualquer situação.

Extra-Globo.
Lamento profundamente o descaso para com nossos policiais e agentes que estão servindo a sociedade nestas olimpíadas. Duvido que qualquer outra categoria profissional fosse tratada assim. Mas isso é apenas uma pequena amostra do que eles passam no dia a dia. Não possuem carga horária de trabalho; perspectiva de ascensão na carreira, pois as promoções demoram décadas; trabalham com viaturas inadequadas ou deterioradas; equipamentos obsoletos; são sempre um dos últimos a terem atendidos os pleitos; e se reclamar é indisciplina e cárcere.

O nível de risco e estresse no trabalho é muito elevado, pois são colocados como a primeira barreira para frear os efeitos da desigualdade. E o povo assiste na arena, Policiais x bandidos, onde muitas vezes apenas um terá que sair vivo e, quando esse é o policial, ainda terá que carregar a culpa e a reprovação de boa parte da sociedade.

Por isso é salutar mais respeito aos nossos policiais. Lembrar que eles não são máquinas, que também são seres humanos.  Se colocar na pele de quem veste a farda e são os únicos a dar suas vidas nessa guerra oculta que não é apenas contra marginais.


Hebert Pereira - cidadão, pré-candidato a vereador de Aracaju. Serviu por 7 anos o Exército  Brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário